Feeds:
Antradas
Comentairos

Posts Tagged ‘Associaçon de Lhéngua i Cultura Mirandesa’

A língua mirandesa faz parte do quotidiano de Ana, agora no 11.º ano, que garante que, em casa, só fala mirandês e o mesmo acontece com amigos e vizinhos, na aldeia de Malhadas, situada a cerca de seis quilómetros de Miranda do Douro.

“O português só entrou na minha vida quando entrei para a escola primária e comecei a estudar. Até aqui só falava mesmo mirandês”, disse à Lusa a jovem numa conversa tida exclusivamente em mirandês.

(more…)

Read Full Post »

O município de Miranda do Douro vai avançar com a assinatura de um protocolo com a Associação de Língua Mirandesa para cumprir os 35 princípios da Carta Europeia das Línguas Minoritárias, disponibilizando 25 mil euros para tal.

“A partir do momento em que o protocolo seja assinado, pretendemos que Portugal fique com todas as garantias formais para proceder à ratificação da Carta Europeia das Línguas Regionais ou Minoritárias (CELM) e assim dar um novo impulso ao mirandês”, disse à Lusa o presidente da Câmara Municipal de Miranda do Douro, Artur Nunes. O autarca salientou que com a assinatura deste protocolo serão elaborados um conjunto de documentos para endereçar aos diferentes ministérios ligados ao processo, como é caso dos Negócios Estrangeiros, da Educação e da Justiça.

(more…)

Read Full Post »

Ancerido ne l Festibal Intercéltico de Sendin de 2017 (FIS) l’Associaçon de Lhéngua i Cultura Mirandesa pormobe la sesson “Yá stá screbido!… Lhéngua i Cultura Mirandesa” cul salimiento de ls lhibros:

– Studo de: Alberto Gómez Bautista

– Meia Ambuça de Cuontas de: Faustino Antão

– La Mie Signa / Minha Sina de: José Gonçalves

– Rio de Infinitos / Riu d’Anfenitos de: Teresa Almeida Subtil

Será pula cierta mais ua buona jornada de dibulgaçon deste património cultural, çtacando l’amportáncia que ténen estas einiciatibas, l balor i antresse de screbir i publicar an mirandés.

Stá to l mundo cumbidado para star an Sendin ne l die 5 d’agosto a las 14.30 horas na Casa de la Cultura i quedar an cuntato culas obras i outores.

(de Froles Mirandesas, 05-07-2017)

Read Full Post »

No próximo sábado, dia 18 de junho, e no âmbito das Jornadas de Língua e Cultura Amadeu Ferreira, vai ser lançada, às 12h30, no Salão Nobre da Câmara Municipal mirandesa, a STUDOS – Rebista de Lhéngua i Cultura Mirandesa.

Fruto de uma parceria de colaboração entre a Associaçon de Lhéngua i Cultura Mirandesa e a Câmara Municipal de Miranda do Douro, esta revista pretende constituir-se como uma plataforma de convergência para o estudo e divulgação da língua e da cultura mirandesa, em estreita articulação com contextos culturais e linguísticos de proximidade, sendo neste primeira edição colocada em destaque a conexão com as Astúrias, para o que foi decisiva e determinante a cooperação da Academia de la Llingua Asturiana.

(more…)

Read Full Post »

A Associação de Língua e Cultura Mirandesa (ALCM) reclama que Estado português assine da Carta Europeia das Línguas Minoritárias, já que se trata “dos poucos países” do continente que ainda não o fez. A Carta Europeia das Línguas Minoritárias é um tratado adoptado em 1992 pelo Conselho Europeu para promover e proteger as línguas regionais e minoritárias históricas.

“A assinatura da Carta Europeia é um processo diplomático pelo qual os Estados se comprometem a dizer, preto no branco, aquilo que estão dispostos a fazer para apoiar as línguas minoritárias existentes dentro do seu território”, explicou à agência Lusa Amadeu Ferreira, o presidente da ALCM, uma estrutura sediada em Miranda do Douro, distrito de Bragança.

(more…)

Read Full Post »

Um centro de documentação e o desenvolvimento de um conjunto de ferramentas digitais aplicadas à língua mirandesa são as principais apostas da recém-criada Associação de Língua e Cultura Mirandesa (ALCM), sediada em Miranda do Douro, avançou
O objetivo passa por tornar a língua mirandesa mais acessível a investigadores, estudiosos e público em geral, que pretendam fazer estudos avançados – como teses de douramento, mestrados e outro tipo de estudos – ou utilizá-la como forma de comunicação quotidiana.

Segundo José Pedro Ferreira, investigador, linguista e também membro da ACLM, o objetivo do centro é o do concentrar todo o espólio relacionado com a língua mirandesa, que se encontra disperso por diversos polos de investigação e universidades portuguesas.

“Como os materiais existentes não estão reunidos num só espaço, isso leva a que alguém interessado em estudar a língua mirandesa tenha de se deslocar um pouco por todo o país a recolher informação. E, quando se chega ao ‘berço da língua’ [Terra de Miranda], nem sempre encontrar informação suficiente”, enfatizou.

(more…)

Read Full Post »

A Associação da Língua Mirandesa está a preparar uma lista com nomes próprios mirandeses que servirá de apoio aos serviços oficiais e a quem quiser dar aos filhos nomes na segunda língua oficial de Portugal, disse hoje o presidente.

Amadeu Ferreira, adiantou hoje à Lusa que está em preparação “um pequeno livro chamado ‘Onomástica Mirandesa’ onde constem os nomes em mirandês e o fundamento do seu registo de acordo com a lei do mirandês”.

“Será um livrinho com meia dúzia de páginas com os nomes, que ainda são umas dezenas, e que tradicionalmente nós, os mirandeses, adotamos e que as pessoas adotam no seu dia-a-dia, só que não têm aquele registo formal nas conservatórias do registo”, explicou.

(more…)

Read Full Post »

Para assinalar más un anho de l’aporbaçon de la Lei 7/99 – Lei de l Mirandés – L’Associaçon de Lhéngua i Cultura Mirandesa, an colaboraçon cula la Cámara Munecipal de Miranda de l Douro, ténen la honra de bos cumbidar para partecipar nas “Cumbersas an Mirandés – La stória de la Lei 7/99 na purmeira pessona”, cun Júlio Meirinhos, die 17 de Setembre, a las 9.00 de la nuite, na Casa de las Quatro Squinas, Rue de la Costanielha, an Miranda de l Douro.

Cuntamos cun bós!

(more…)

Read Full Post »

RICARDO CHAO PRIETO

El pasado sábado 16 de agosto tuvo lugar en la Tierra de Miranda portuguesa un encuentro sobre la lengua asturleonesa. Se celebró en Cicuiru (Cicouro en portugués), un pequeño pero encantador pueblo en cuyas calles todavía es posible escuchar el mirandés, la variante del asturleonés que está reconocida oficialmente en el país vecino como la única lengua diferente del portugués. El encuentro se enmarcó en el “VII ancontro Blogueiros de l Praino”, un ya tradicional encuentro de blogueros y escritores de la región que en esta ocasión llevó el subtítulo “Lhengua i Cultura”.

Las actividades comenzaron por la mañana, con un recorrido por Cicuiru encabezado por Thierry Alves y Alcides Meirinhos y que contó con la presentación a los asistentes del pendón del pueblo, recientemente recuperado, y que es de tipología netamente leonesa, con la única diferencia de contar con tres farpas en lugar de dos como es habitual en nuestra tierra. Alcides, responsable de Patrimonio de la Asociación Lhengua i Cultura Mirandesas, mostró fotos de varios pendones más de la Tierra de Miranda que dicha Asociación está comenzando a recuperar y que hasta ahora yacían en el olvido.

(more…)

Read Full Post »

A recém- criada Associação de Língua e Cultura Mirandesa (ALCM) tem desde hoje uma sede onde vão ser instaladas as diversas secções daquele organismo que se dedica a investigação e ensino da língua e cultura mirandesas.

O edifício do XVI, conhecido como Casa das Quatro Esquinas, foi cedido através de protocolo, celebrado com a Câmara de Miranda do Douro e ACLM e está localizado na medieval rua da Costanilha, em pleno centro histórico da cidade.

(more…)

Read Full Post »

Older Posts »