Feeds:
Antradas
Comentairos

Posts Tagged ‘Carlos Ferreira’

CARINA ALVES

Numa altura em que o município de Miranda do Douro avançou com a assinatura de um protocolo com a Associação de Língua Mirandesa para cumprir os 35 princípios da Carta Europeia das Línguas Minoritárias, o principal impulsionador do processo de reconhecimento oficial dos Direitos Linguísticos da Comunidade Mirandesa, Júlio Meirinhos, entende que a lei que há 20 anos reconheceu e promoveu a língua mirandesa foi o inverter de um ciclo. “Nuclear e fundamental que a lei tivesse aparecido. Invertemos o ciclo. Estávamos em morte lenta e com isto conseguimos reavivar, dar ânimo, esperança, pôr gente empenhada nesta mesma causa, escrever, falar, deixar que seja o ‘tchaco’ da língua mirandesa e foi positivo. Agora temos fases e segue-se o reconhecimento já a outro nível, a nível europeu, para com os requisitos do reconhecimento darem a garantia absoluta de que não há retrocesso nunca mais nesta língua”.

(more…)

Advertisements

Read Full Post »

L die 29 de janeiro, la Cámara de Miranda de l Douro i la Associaçon de la Lhéngua i Cultura Mirandesa márcan la passaige de 20 anhos suobre la publicaçon de la Lei 7/99 cun un serano al redror de l tema “Dues décadas de la Lei de l Mirandés”. La tertúlia será no salon nobre de la Cámara, a las 9 horas de la nuite, i ajuntará alguas de las personas i representantes dalguas de las anstituiçones más arrimadas anstitucionalmente a la lhéngua mirandesa. La oucasion bai a serbir tamien para que las dues anstituiçones ourganizadoras anúncien amportantes medidas feturas para fortalecer i promober la lhéngua mirandesa.

Sermones a cargo de Alfredo Cameirão (Presidente de la ALCM), António Santos (Presidente de l AEMD), Artur Nunes (Presidente de la CMMD), Carlos Ferreira (Presidente de la AMMD), Domingos Raposo (Porsor de mirandés), Júlio Meirinhos (antuante de la Lei 7/99)

(de Froles Mirandesas, 24-01-2019)

Read Full Post »

A língua mirandesa faz parte do quotidiano de Ana, agora no 11.º ano, que garante que, em casa, só fala mirandês e o mesmo acontece com amigos e vizinhos, na aldeia de Malhadas, situada a cerca de seis quilómetros de Miranda do Douro.

“O português só entrou na minha vida quando entrei para a escola primária e comecei a estudar. Até aqui só falava mesmo mirandês”, disse à Lusa a jovem numa conversa tida exclusivamente em mirandês.

(more…)

Read Full Post »

As aventuras de Astérix e Obélix vão ter uma nova edição em língua mirandesa, com “Asterix an Eitália”, a tradução de “Astérix e a Transitálica”, que será apresentada na terça-feira, disse à Lusa fonte da editora Asa.

“As aventuras de Astérix têm um espírito muito próprio, que importa tentar manter na tradução. Além da dificuldade em adotar ou transpor para qualquer língua referências específicas da cultura francesa, por vezes as temáticas abordadas nos álbuns são longínquas do universo mirandês”, explicou à Lusa o linguista José Pedro Ferreira, um dos autores da tradução.

(more…)

Read Full Post »

A Âncora Editora, a Associaçon de la Lhéngua i Cultura Mirandesa, a Câmara Municipal de Miranda do Douro e o Festival Intercéltico de Sendim têm o prazer de a/o convidar para o lançamento do livro

“Lhonas | Anedotas Mirandesas”
de Carlos Ferreira,
tradução de Thibaut Ferreira e aguarelas de Manuol Bandarra.

A obra sera apresentada pelo Dr. Alfredo Cameirão.

A sessão, que integra o 17.º Festival Intercéltico e onde estarão expostas as aguarelas, terá lugar no próximo dia 6 de Agosto, sábado, pelas 18:00 horas, na Casa da Cultura, Sendim, Miranda do Douro.

(de Evensi, 30-07-2016)

Read Full Post »

“A Associação de Língua e Cultura Mirandesa (ACLM) e a câmara de Miranda do Douro, já assumiram a responsabilidade da organização do congresso ibérico, e nele pretende-se juntar o maior número possível de estudiosos de idiomas minoritários de toda a Península Ibérica”, avançou hoje à Lusa, o presidente da ACLM, Carlos Ferreira.
PUB

A decisão foi anunciada, no decurso das II Jornadas de língua e Cultura Mirandesa “Amadeu Ferreira”, que decorre em Miranda do Douro e que junta estudiosos, linguistas e investigadores da língua mirandesa e asturiana (Espanha).

“Trata-se de uma iniciativa que vai mobilizar uma vasto conjunto de universidades portuguesas e espanholas, ligadas aos diversos domínios linguísticos da Península Ibérica”, indicou o também investigador e escritor de língua mirandesa.

(more…)

Read Full Post »

Miranda do Douro prepara já as II Jornadas de Língua e Cultura Mirandesa “Amadeu Ferreira, de 17 a 19 de junho, tendo como tema central a conexão com as Astúria. Esta é uma iniciativa do Município de Miranda do Douro e da Associação de Língua e Cultura Mirandesa, a acontecer no Largo D. João III, Câmara Municipal e Casa da Língua Mirandesa.

Pretende-se que seja um encontro anual de trabalho e desenvolvimento da Língua Mirandesa, dedicado a homenagear Amadeu Ferreira, ilustre mirandês recentemente desaparecido, e o maior defensor e divulgador da “Lhéngua” neste começo de século, cuja face mais visível serão as traduções dos Lusíadas, da Mensagem e de dois volumes de Asterix para língua mirandesa.

(more…)

Read Full Post »

Older Posts »