Feeds:
Antradas
Comentairos

Posts Tagged ‘Evelin Hargitai’

13 investigadores de cinco países apresentaram e debateram estudos sobre a língua e a cultura mirandesas, nos últimos dois dias em Picote.

Um desses investigadores foi Michal Belina, um jovem investigador viajou desde a Polónia até à aldeia no concelho de Miranda do Douro, para apresentar o seu estudo sobre o mirandês.

“Formei-me em estudos itálicos e fiz o meu Erasmus no Porto e quando me apercebi de que havia outra língua que não o português interessei-me. Fiz uma tese de mestrado sobre mirandês, que foi a primeira obra sobre este tema na Polónia, e estou a fazer o doutoramento sobre esta língua”, explica E não deverá ficar por aqui a influência do mirandês na Polónia. No futuro, a universidade de Varsóvia passará a ter uma disciplina sobre esta língua e cultura. Já Evelin Hargitai (lê-se Horguitói), da Hungria, tomou contacto com a segunda língua oficial de Portugal numa passagem por Lisboa e estudou o carácter linguístico e cultural do mirandês. “Do ponto de vista da socio-linguistica a língua mirandesa oferece grandes oportunidades de pesquisa. É uma cultura muito rica, com um vocabulário extraordinário, da agricultura, de cultura popular”, defende a investigadora que apresentou uma tese de doutoramento sobre este tema. O encontro de investigadores internacionais sobre o mirandês foi organizado pela Frauga – associação de desenvolvimento integrado de Picote. Tratou-se de uma iniciativa pioneira e que se deverá repetir, como adiantou, António Bárbolo Alves, linguista e vice-presidente da associação. “Conseguimos pela primeira vez é juntar gente de tantos países que trabalham sobre língua e cultura mirandesa, e isso é algo que nos enche de proa, de orgulho, mas também de responsabilidade. Espero que haja outros encontros, uma das conclusões e o que as pessoas pediram é que continuássemos a fomentar este diálogo”, frisa. De acordo com o investigador, o mirandês teve um grande avanço desde que foi criada a convenção ortográfica da língua, na década de 90. O mirandês foi reconhecido como a segunda língua oficial portuguesa em 1999. Agora o município de Miranda do Douro pede que o governo português assine a carta europeia das línguas regionais minoritárias.

(de Brigantia, 31-03-2016)

Read Full Post »