Feeds:
Antradas
Comentairos

Posts Tagged ‘Faustino Antão’

Chama-se “Histórias Antigas Sem Bolor” o sétimo livro do mirandês Faustino Antão. Com 70 anos, o autor deixa agora publicadas as várias vivências que já soma e reporta-se ainda a inúmeras tradições das terras de Miranda. Uma das histórias que Faustino recorda com saudade, e uma das suas preferidas, é partilhada no livro. “Quando íamos às ceifas, íamos almoçar, ao meio-dia, para a sombra de uma árvore, e ao estendermos a manta para comer as formigas aproximavam-se porque queriam comer. O meu pai emigalhava pão para o chão para elas se entreterem e não nos consumiam a nós e deixavam-nos comer o almoço sossegados”.

O autor, natural de Genísio, uma localidade com 230 habitantes, teve como objectivo deixar um testemunho escrito das suas histórias e das dos seus antepassados de modo a preservar também o mirandês. “O livro representa deixar de um testemunho escrito. O futuro não nos iria perdoar se deixássemos morrer este património. Uma língua falada morre se não tiver o acompanhamento da escrita. Escreve-lo é a forma de o levar mais longe no tempo”, explicou Faustino Antão.

Faustino Antão assume que vai escrever enquanto tiver motivação.

(de la Rádio Brigántia, 20-08-2019)

Advertisements

Read Full Post »

Ancerido ne l Festibal Intercéltico de Sendin de 2017 (FIS) l’Associaçon de Lhéngua i Cultura Mirandesa pormobe la sesson “Yá stá screbido!… Lhéngua i Cultura Mirandesa” cul salimiento de ls lhibros:

– Studo de: Alberto Gómez Bautista

– Meia Ambuça de Cuontas de: Faustino Antão

– La Mie Signa / Minha Sina de: José Gonçalves

– Rio de Infinitos / Riu d’Anfenitos de: Teresa Almeida Subtil

Será pula cierta mais ua buona jornada de dibulgaçon deste património cultural, çtacando l’amportáncia que ténen estas einiciatibas, l balor i antresse de screbir i publicar an mirandés.

Stá to l mundo cumbidado para star an Sendin ne l die 5 d’agosto a las 14.30 horas na Casa de la Cultura i quedar an cuntato culas obras i outores.

(de Froles Mirandesas, 05-07-2017)

Read Full Post »

FAUSTINO ANTÃO

L’aprendizaige, melhor dezindo, l coincimiento que tengo agora de la scrita, fui feito al lhargo de l tiempo, cun ampeinho, muita sastisfaçon i agrado.

Daprendi-lo lendo, lendo muito l que screbírun i scríben ls scritores nesta área – testos, lhiendas, cuontas, poesie – l que ls porsores, mestres, ambestigadores íban publicando i inda cun classes de lhéngua i cultura mirandesa.

Porque yá hai muito trabalho lhiterairo çponible.

(more…)

Read Full Post »

FAUSTINO ANTÃO

– An júlio, l quinto die berás que més tenerás.
– An júlio fouce al punho.
– An júlio nunca l’auga fai bruído.
– An júlio purpara l basculho.
– An júlio reina l chizmo (gorgulho).
– An júlio sego l trigo i trilho, quando l aire benir bou lhimpando.
– An júlio todo farás solo l tou berde nun segarás.
– An júlio you sego i trilho.
– Júlio abafadico, queda l’abeilha ne l cortiço
– Júlio caliente, seco i airoso, trabalha sien çcanso.
– L més de júlio dá l pan i l chizmo.
– Nubrineiro de San Pedro, pon an júlio l bino an miedo.
– Nun hai melhor amigo do que l júlio cun sou trigo.
– Pur todo l més de júlio l celeiro atulho.
– Quien an júlio ara i fila, ouro cria.
– Quien trabalha an Júlio, par’el trabalha.

(de Froles Mirandesas, 03-07-2016)

Read Full Post »

FAUSTINO ANTÃO

Fui ua jornda cun éisito, cumo las melhores que porqui se bírun, puis trataba-se d’un mote (tema) qu’inda nun habie sido apersentado ne l que toca a atebidades culturales, drento de la prática de las yá coincidas – Qªs Feiras culturales – que l’Ounibersidade pormobe.

Birada para ser, cumo fui, ua liçon, palhestra de dibulgaçon de la “Lhéngua Mirandesa” que stubo a cargo de l cumbidado porsor Drº José Pedro Ferreira, fui l punto alto de la tarde. Puis, sendo l porsor, l palhestrante de formaçon lhénguistica, studioso, recendido de mirandeses, amando esta lhéngua que bien conhece, fala i scribe, ajudórun ne l ampeinho que bota quando se perpon splicar i transmitir ls balores de l mirandés – qual ye la sua ourige, la sue stória antre las demais lhénguas, l sou território, la passaige al lhargo de ls tiempos zed ls moradores de l Reino de Lhion anté ls dies que fizo la sue oufecializaçon, quedando a la par de l pertúes.

(more…)

Read Full Post »

FAUSTINO ANTÃO

-An maio a quien nun ten bonda-le l saco.
-An maio, come la bielha la cereija al borralho.
-An maio, las cereijas uas lhéba-las l gralho; an júnio l cesto i l punho.
-Bino que nacir an maio, ye pa l gralho; se nace an abril, bai ao funil, se nasce an márcio, queda ne l regaço.
-De maio a abril nun hai muito que sunrir.
-Diç maio a abril: inda que te pese me hei-de sunrir.
-Die de maio, die de mala bentura; inda ye manhana, lhougo nuite secura.
(more…)

Read Full Post »

Na próxima quarta-feira, dia 04 de Maio às 17.00 horas no auditório da Junta de Freguesia da Amora (Seixal) a “UNISSEIXAL” (Universidade sênior) inserida nas “Quartas-feiras Culturais” promove a iniciativa “Divulgar Mirandês”

Com uma palestra proferida pelo prof. Drº. José Pedro Ferreira e a apresentação do livro/romance a comunidade “La Galhega” do aluno Faustino Antão.

Comparece, será pela certa uma boa ocasião para estar em contacto com a língua e cultura mirandesa, homenagear e relembrar todos quantos a este patrimônio cultural se dedicam e dedicaram.

(de Froles Mirandesas, 29-04-2016)

Read Full Post »

Older Posts »