Feeds:
Antradas
Comentairos

Posts Tagged ‘Paulo Meirinhos’

Paulo Meirinhos é português, Luis Antonio Pedraza é espanhol e juntos criaram “Músicas da Raia”, projeto que recupera temas populares baseados na tradição oral de ambos países demonstrando que, nas terras de Arribas do Douro, as fronteiras se diluem.

Cai a tarde, é uma sexta-feira de maio, e Paulo e Luis preparam-se para um concerto no teatro de Bermillo de Sayago, no lado espanhol.

Paulo chega desde Miranda do Douro (Portugal) e Luis desde Zamora. Um fala mirandês – o segundo idioma oficial de Portugal – e o outro espanhol, mas compartilham a linguagem universal da música.

(more…)

Advertisements

Read Full Post »

MAR MARTÍN

A “lhéngua” mirandesa é “doce como uma româ, bonita e franca”. Assim reza a lei que, há 20 anos, consagrou o mirandês como segundo idioma oficial de Portugal para preservar esta jóia da cultura ibérica com oito séculos de existência até “falada” por Astérix.

Derivado do asturo-leonês que se estendeu pelo noroeste da península, o mirandês conservou-se na comarca de Miranda do Douro, na região lusa de Trás-os-Montes, a poucos quilómetros da fronteira espanhola, uma das zonas do interior português mais castigada pelo despovoamento.

Estima-se que apenas cerca de 10.000 pessoas falam esta língua, ligada à terra e à agricultura, que se estuda nas escolas de Miranda e “falada” por personagens tão populares como Astérix e o Principezinho, referindo alguns dos títulos traduzidos para encorajar os menores a aprender mirandês.

(more…)

Read Full Post »

ROSA RAMOS

Glória Vaqueiro vai na berma da estrada, a poucos metros da fronteira com Espanha e a outros tantos da aldeia de Constantim. Equilibrada em cima da burra, faz questão de explicar o porquê do meio de transporte – cada vez mais raro, mesmo em terras de Trás-os-Montes. “Não sei andar de bicicleta e nunca tirei a carta de carro. A burra dá-me jeito para ir aqui e além e é nova, só tem seis anos. É mansinha.”

A fala da transmontana é estranha: as palavras são portuguesas, mas o sotaque faz lembrar o castelhano. Mas também não é mirandês. “Só falo mirandês com quem também fala”, avisa. Glória, a dona da burra, tem 68 anos, vive com uma reforma de 400 euros e ainda se lembra do tempo em que “toda a gente” andava de burro ou a cavalo. Até o Dr. Barros, o médico de serviço na região, que morreu “há já muitos anos”, mas que palmilhava as aldeias de Miranda do Douro a cavalo para assistir os doentes em casa. (more…)

Read Full Post »

MARÍA CUETO-IVÁN CUEVAS

La llingua asturllionesa tuvo esti pasáu mes de setiembre, otra vuelta, de celebración. Si yá falábemos de les xornaes dedicaes a la llingua n’Asturies en mes de mayo, la tradicional Selmana de les Lletres Asturianes, que llegó anguaño a la so XXXI edición, agora tocó-y a Miranda del Douru la celebración, per primer vez, del Die de la Lhéngua Mirandesa. Nesti día fonon condecoraos pol alcade de Miranda, Artur Nunes, la profesora y llingüista Manuela Barros Ferreira y el profesor de mirandés Domingos Raposo, los dos autores, amás de coordinadores, de la Convenção Ortográfica da Língua Mirandesa. Xunto con ellos, reconocióse-y tamién el so llabor en defensa del mirandés a Júlio Meirinhos, el políticu d’orixe mirandés qu’impulsara la llei de reconocencia d’esta variedá llingüística asturllionesa en parlamentu portugués. Foi un día de fiesta pal idioma nel que, xunto a otres actividaes, foi presentada la traducción de Fracisco Niebro al mirandés d’Os Lusiadas de Luís Vaz de Camões.

(more…)

Read Full Post »

Os Galandum Galundaina querem pôr as discotecas a dançar uma moda tradicional mirandesa com batida electrónica, uma das novidades do novo disco, que o grupo mirandês apresenta no próximo dia 19 de Dezembro, ao vivo, no Porto.

(more…)

Read Full Post »

AMADEU FERREIRA

Yá uns anhos para esta parte que la Rádio Mirandum FM ten benido a apersentar porgramas an mirandés. Fui l purmeiro de todos, nesses porgramas Domingos Raposo, cumo yá neste jornal demos la ambora a sou tiempo. Esse porgrama cuntina a ir pa l aire todas las segundas a las cinco de la tarde.

Para melhor dar a coincer un desses porgramas an mirandés, acheguemos-mos a la fala cun Duarte Martins i cun Paulo Meirinhos, que yá anhos fázen l porgrama Nós deiqui. Cumo ye sabido, Duarte Martins ye porsor de lhéngua i cultura mirandesa i Paulo Meirinhos ye porosor de música, custrutor de strumientos musicales, i faç parte de l afamado grupo de música Galandun Galandaina.

(more…)

Read Full Post »