Feeds:
Antradas
Comentairos

Posts Tagged ‘Associaçon de la Lhéngua i Cultura Mirandesa’

Investigadores da Universidade de Vigo, em Espanha, estão a realizar, “pela primeira vez”, um estudo “abrangente” sobre o estado da língua mirandesa e, numa fase ainda “preliminar”, alertam para a “insuficiência” do ensino, quanto à manutenção futura do idioma.

“A nossa primeira impressão é que o ensino do mirandês, que atualmente se está a oferecer nas escolas do concelho, é insuficiente. Os alunos que não aprendam o mirandês em casa, têm um conhecimento praticamente nulo desta língua”, revelou hoje à Lusa o professor do departamento de Filologia Portuguesa e Galega da Universidade de Vigo (UV), Xosé Costas.

Para chegar a esta conclusão, ao longo dos últimos três dias, uma equipa de alunos da UV, designada por “Brigada da la Léngua” (Brigada da Língua), composta por seis equipas de dois elementos, percorreu o concelho de Miranda do Douro, no distrito de Bragança, onde foram realizados cerca de 350 inquéritos à população residente e estudantil que começaram por mostrar alguns sinais “preocupantes” sobre o estado da segunda língua oficial em Portugal.

(more…)

Read Full Post »

Numa pequena sala da Casa de Trás-os-Montes em Lisboa, funciona à segunda-feira e em horário pós-laboral uma aula de língua mirandesa, onde até um aluno francês de Erasmus já se inscreveu para aprender esta língua falada no nordeste transmontano.

Antes de dar início a mais uma aula, António Cangueiro, professor de mirandês, falou à Lusa sobre este seu percurso, que começou ainda com o escritor, professor universitário, estudioso e divulgador da língua mirandesa Amadeu Ferreira, que instituiu o curso em Lisboa há dez anos.

(more…)

Read Full Post »

CARINA ALVES

Numa altura em que o município de Miranda do Douro avançou com a assinatura de um protocolo com a Associação de Língua Mirandesa para cumprir os 35 princípios da Carta Europeia das Línguas Minoritárias, o principal impulsionador do processo de reconhecimento oficial dos Direitos Linguísticos da Comunidade Mirandesa, Júlio Meirinhos, entende que a lei que há 20 anos reconheceu e promoveu a língua mirandesa foi o inverter de um ciclo. “Nuclear e fundamental que a lei tivesse aparecido. Invertemos o ciclo. Estávamos em morte lenta e com isto conseguimos reavivar, dar ânimo, esperança, pôr gente empenhada nesta mesma causa, escrever, falar, deixar que seja o ‘tchaco’ da língua mirandesa e foi positivo. Agora temos fases e segue-se o reconhecimento já a outro nível, a nível europeu, para com os requisitos do reconhecimento darem a garantia absoluta de que não há retrocesso nunca mais nesta língua”.

(more…)

Read Full Post »

L die 29 de janeiro, la Cámara de Miranda de l Douro i la Associaçon de la Lhéngua i Cultura Mirandesa márcan la passaige de 20 anhos suobre la publicaçon de la Lei 7/99 cun un serano al redror de l tema “Dues décadas de la Lei de l Mirandés”. La tertúlia será no salon nobre de la Cámara, a las 9 horas de la nuite, i ajuntará alguas de las personas i representantes dalguas de las anstituiçones más arrimadas anstitucionalmente a la lhéngua mirandesa. La oucasion bai a serbir tamien para que las dues anstituiçones ourganizadoras anúncien amportantes medidas feturas para fortalecer i promober la lhéngua mirandesa.

Sermones a cargo de Alfredo Cameirão (Presidente de la ALCM), António Santos (Presidente de l AEMD), Artur Nunes (Presidente de la CMMD), Carlos Ferreira (Presidente de la AMMD), Domingos Raposo (Porsor de mirandés), Júlio Meirinhos (antuante de la Lei 7/99)

(de Froles Mirandesas, 24-01-2019)

Read Full Post »

As aventuras de Astérix e Obélix vão ter uma nova edição em língua mirandesa, com “Asterix an Eitália”, a tradução de “Astérix e a Transitálica”, que será apresentada na terça-feira, disse à Lusa fonte da editora Asa.

“As aventuras de Astérix têm um espírito muito próprio, que importa tentar manter na tradução. Além da dificuldade em adotar ou transpor para qualquer língua referências específicas da cultura francesa, por vezes as temáticas abordadas nos álbuns são longínquas do universo mirandês”, explicou à Lusa o linguista José Pedro Ferreira, um dos autores da tradução.

(more…)

Read Full Post »

A Âncora Editora, a Associaçon de la Lhéngua i Cultura Mirandesa, a Câmara Municipal de Miranda do Douro e o Festival Intercéltico de Sendim têm o prazer de a/o convidar para o lançamento do livro

“Lhonas | Anedotas Mirandesas”
de Carlos Ferreira,
tradução de Thibaut Ferreira e aguarelas de Manuol Bandarra.

A obra sera apresentada pelo Dr. Alfredo Cameirão.

A sessão, que integra o 17.º Festival Intercéltico e onde estarão expostas as aguarelas, terá lugar no próximo dia 6 de Agosto, sábado, pelas 18:00 horas, na Casa da Cultura, Sendim, Miranda do Douro.

(de Evensi, 30-07-2016)

Read Full Post »

TERESA ALMEIDA SUBTIL / DELAIDE MONTEIRO / THIEGUI

Assenta, amigo: 20 de Agosto de 2016

De nuobo la chama de ls blogueiros dá bida al praino. I isto que quier dezir? Pus quier dezir q’astanho teneremos l IX Ancuontro de blogueiros de l praino mirandés, quier dezir q’hai pessonas que quieren ajuntar-se al redror de la cultura, la cultura que se fala an mirandés, ua lhéngua que se fizo sentimiento, cunquista, melodie, quemunicaçon por eiceléncia, nua tierra que ten l coraçon abierto als que le quieren bien.

Desta beç toca le a Miranda cidade. Bamos por ende!

(more…)

Read Full Post »

Older Posts »